Efeito sanfona é o ato de engordar e emagrecer repetidas vezes. Isso normalmente acontece quando as pessoas esquecem da fase mais importante do emagrecimento: manutenção.

Da última vez que me internei em um SPA, a nutricionista que me atendeu pegou minha ficha com as minhas outras 5 internações e pediu para eu responder o que estava faltando para conseguir emagrecer e não engordar mais. Inocentemente respondi que faltava vergonha na cara e atividades físicas, mas foi aí que ela me respondeu que o que faltava era a “fase da manutenção“.

Quando ela me deixou ver a minha ficha, percebi que sempre voltava para o SPA ou com o mesmo peso da vez anterior ou com ainda mais. Se eu voltasse hoje para lá, isso continuaria sendo verdade – e é por isso que eu resolvi compartilhar com vocês sobre esse tal de efeito sanfona e o que fazer para evitá-lo: porque eu também preciso.

Efeito Sanfona O segredo está em três dicas: alimentação saudável, atividade física e eliminação – e não “perda” de peso. Quantas vezes você já se pegou falando “preciso perder peso?” ou ainda “perdi 5kg em 5 meses”? O correto é eliminar peso, jogá-lo fora, e não mantê-lo mais dentro de si. Uma coisa que ajuda muito no efeito sanfona são as dietas malucas, de revista, sites, etc, que só te ajudam realmente a perder peso e não a ter uma alimentação saudável. A “dieta” mais correta para se fazer quando queremos emagrecer é a Reeducação Alimentar, mas isso é assunto para outro post.

Mas por que ocorre o efeito sanfona?

As nossas células de gordura são formadas ainda na infância e quando se come muito e de forma desequilibrada, estas células incham, se dividem e aumentam. Essas células não são perdidas quando engordamos, elas permanecem no nosso corpo.
O cérebro interpreta a eliminação de peso como uma ameaça à integridade do organismo e “queima” menos calorias, ou seja, o metabolismo se torna mais lento. É uma forma de preservação, para que o peso perdido possa voltar. É assim que ocorre o efeito sanfona. Como o cérebro tende a manter o maior peso adquirido é preciso manter o mesmo peso por um tempo relevante para que o organismo se adapte a esse novo peso.

Para sair do efeito sanfona é importante deixar as dietas de lado e manter uma alimentação equilibrada para o resto da vida. As vantagens são inúmeras, desde que você mantenha a nutrição adequada das células, para que exerçam suas funções corretamente.

Alguns estudos relacionam o efeito sanfona com riscos para saúde, como um sistema imunológico mais prejudicado e risco para doenças coronarianas, hipertensão, colesterol elevado e outras dislipidemias. Para evitar tais doenças é fundamental ter bons hábitos alimentares e praticar atividade física regularmente. Assim, ocorre a manutenção do peso desejado, que se estende por toda a vida.

Fonte: Mais Equilíbrio

Categorias: Dicas de Saúde, Dietas | Post por:

Comentários